Aviso Agricola Dão Nº9/18

Visagricola > Boletins Agricolas > Boletins Agricolas > Aviso Agricola Dão Nº9/18

VINHA

A precipitação verificada desde o início do mês foi suficiente para lavar todos os produtos com ação de contacto aplicados. Encontramo-nos na fase de floração (grande sensibilidade a todas as doenças).

Míldio

Se não teve oportunidade de efetuar o tratamento recomendado na última circular ou SMS, e se utilizou um produto de contacto, deve renovar, de imediato, o tratamento com um produto de ação curativa e antiesporulante. Este tratamento é de particular importância em vinhas onde haja manchas de míldio.

Oídio

As condições meteorológicas e de desenvolvimento da vinha são favoráveis à infeção por oídio. Se não efetuou o tratamento recomendado, ou se utilizou um fungicida de contacto deve efetuá-lo/renová-lo agora.

Podridão negra/ Black rot

Se não efetuou o tratamento recomendado para Podridão negra ou se utilizou um produto com ação de contacto, deve tratar agora com um produto de ação curativa para Podridão negra (com substâncias ativas dos grupos dos IBE ou QoI).

Podridão cinzenta

A precipitação verificada foi favorável à instalação de podridão cinzenta, tendo-se verificado a presença de manchas nas folhas e ataques nos jovens cachos. Se não efetuou o tratamento recomendado ou se utilizou um produto de contacto, deve tratar agora com um produto com ação curativa. Este tratamento é de maior importância nas zonas onde a doença é frequente e nas castas Malvasia fina e Alfrocheiro. Relembramos que uma correta orientação dos sarmentos melhora o arejamento da sebe e minimiza este problema.

MACIEIRA

Pedrado

A chuva ocorrida provocou a lavagem de produto e prevêse o aparecimento de novas machas de pedrado a partir de 17 de junho. Caso não tenha realizado o tratamento recomendado via SMS, deve posicionar tratamento o mais próximo possível da data indicada. Nos pomares onde já existem manchas as condições de humectação favorecem o aparecimento de infeções secundárias. Opte, nesta altura, por um produto de contacto com ação anti-esporulante.

Nota: conforme indicações da Circular anterior, aconselhamos a realização dos tratamentos inseticidas recomendados para Bichado-da-Fruta, Cochonilha de S. José, Piolho verde e Piolho cinzento.

BATATEIRA

Míldio

Registamos um ataque de míldio muito intenso na cultura da batata. Continue a manter a cultura protegida.

CITRINOS

Piolhos ou Afídeos

Estes insetos agrupam-se em colónias e têm preferência pelos jovens órgãos das plantas devido à abundância de seiva. Os estragos diretos são ocasionados pelas picadas, provocando diminuição do vigor das plantas e os indiretos pelo aparecimento de fumagina. Existem afídeos que são vetores de doenças de quarentena como o Vírus da Tristeza dos Citrinos e o Citrus Greening, vulgarmente conhecida por Enverdecimento dos Citrinos. Aconselhamos vigilância dos citrinos, em particular, dos localizados nas freguesias de Castelões (Tondela) e Valadares (S. Pedro do Sul) devido à deteção da espécie Toxoptera citricidus, responsável pela disseminação do Vírus da Tristeza dos Citrinos. Este piolho apresenta cor negra brilhante e, na sua presença, é obrigatória a realização de tratamento. Consulte folheto aqui.

 

Consulte o Boletim no Serviço Nacional de Avisos Agricolas: Ainda Não Disponível

Fonte: Estação de Avisos do Dão